Gastronomia: influência francesa no Brasil

31 de maio de 2021
Por  Curso de Francês Online

O Brasil possui fortes traços de influência francesa. Esses, podem ser exemplificados desde alguns hábitos e costumes, patrimônios da arquitetura, e é claro, a gastronomia!

Essas influências estão presentes de forma sutil em nosso cotidiano, e por muitas vezes nem as percebemos. Por exemplo, você sabia que um dos maiores símbolos brasileiros, o Cristo Redentor, foi a idealização de um padre francês? Isso mesmo, no ano de 1859 no Rio de Janeiro, o padre Pierre-Marie Boss teve essa ideia e a registrou em seu livro “Imitação de Cristo” que foi publicado em 1903.

Além disso, ao longo tempo também passamos a incorporar alguns hábitos ou influências francesas as nossas rotinas. Em outras palavras, um exemplo simples pode ser a ação de assistir a um filme francês em uma plataforma de streaming, ou até mesmo consumir um prato de origem francesa.

Sendo assim, podemos também incluir a gastronomia. Essa, é conhecida pelo mundo por sua qualidade sendo até mesmo considerada um patrimônio imaterial da humanidade! Deste modo, assim como o Cristo Redentor, muitas pessoas não sabem que diversos pratos que consumimos tem origem ou podem ser encontrados na gastronomia francesa. Pensando nisso, preparamos esse artigo para te mostrar que, estamos mais próximos da França do que imaginávamos. Confira:

Bomba

As famosas bombas, que são facilmente encontradas nas padarias tem origem francesa e são chamadas de eclair. Sua origem é datada em meados dos XIX, e criada pelo chefe francês Antonin Carême.  A sobremesa é feita com uma massa típica da gastronomia francesa, a massa choux, e pode ser recheada de diversos sabores, como chocolate, creme e o famoso doce de leite brasileiro.

Crepe

Mesmo apresentado em diferentes formatos e sabores aqui no Brasil, o crepe é outra forte influência da gastronomia francesa. Este, surgiu por volta de 1390, em uma região ao noroeste do país chamada de Bretagne. A adaptação brasileira permite que possamos escolher qualquer recheio para essa fina camada de massa. Porém, se formos nos atentar a sua origem, o recheio é sempre doce. Deste modo, caso prefira a opção salgada, seu nome muda para galette.

Coxinha

Sim, isso mesmo! Um dos nossos salgados brasileiros mais famosos e amados na verdade tem origem francesa. A receita é originalmente criada pelo chef francês Antonin Carême. Essa, foi documentada em um livro, L’Art de la Cuisine Française au XIXème Siécle, em que ele descreve o salgado como “croquette de poulet” (croquete de frango) e ainda dá o conselho em moldá-los “en forme de poires” (no formato de peras).

Misto quente

O brasileiro misto quente, que consiste em duas fatias de pão, presunto e queijo tostados, pode ser encontrado na França com o nome de Croque-Monsieur. A versão francesa é um pouco mais elaborada. Em outras palavras, nela o pão é passado no ovo e coberto por queijo. Além disso, também é possível encontrar nosso misto quente de uma forma mais diferente ainda, o Croque-Madame. Neste, além de passado nos ovos e coberto por queijo, o lanche ainda pode ser recheado por saladas e possuir um ovo frito em cima. Não se sabe ao certo a origem da receita, porém pode-se afirmar que não importa qual a variação, ela será sempre uma boa pedida!

São inúmeras possibilidades

Como você deve ter percebido, as influências são inúmeras. Desde receitas que já sabiamos que eram francesas, até novas descobertas, essa cultura está sempre presente!

Pensando nisso, um ótimo modo de estreitar os laços ainda mais com a cultura francesa é aprendendo o idioma. Além de gramática, os cursos do CFOL permitem que você tenha uma imersão cultural, conhecendo mais sobre hábitos, tradições, e é claro, a gastronomia! Como resultado, além de aprender o idioma, pode descobrir novas influências francesas no seu dia-a-dia!

Entre em contato para conhecer mais sobre os cursos e encontrar aquele que atende suas necessidades!

 

 

 

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.

Curso de Francês Online