Exames de proficiência em francês: tudo que você precisa saber!

19 de julho de 2021
Por  Heloísa Ançanello

Exames de proficiência, como o próprio dicionário define, são aqueles em que será atestada sua capacidade de compreensão e domínio de uma certa área do conhecimento. Em outras palavras, qual sua competência em um idioma, neste caso, o francês.

Esses, são aplicados no formato de provas avaliativas, em que serão abordados todos os aspectos da lingua, como a fala, compreensão, escrita e leitura. Dessa forma, é possível atestar, ou não, a habilidade do aluno no francês. Além disso, esses testes originam certificados de proficiência, ou, em outras palavras, de qualificação, que poderão ser utilizados para o ingresso em universidades e até mesmo processos de migração.

Entender melhor sobre os exames e suas aplicabilidades é de extrema importância, pois durante o processo de aprendizado de uma nova lingua, sempre surgem perguntas sobre o assunto. Além disso, esses certificados estão sempre relacionados a tão sonhada fluência, e auxiliam durante o percurso para alcançá-la.

Pensando nisso, este artigo tem como objetivo explicar quais são os principais exames, suas diferenças, usos e como se preparar para eles! Confira:

Quais são os exames de proficiência em francês?

Antes de conhecer as principais provas, é preciso entender um pouco melhor sobre os níveis de proficiência, segundo o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas:

  • Iniciantes (A1 e A2)
  • Intermediários (B1 e B2)
  • Avançados (C1 e C2)

Estes serão um ponto de referência no momento de escolher qual exame aplicar-se, ou ainda para interpretar os resultados obtidos. Além disso, é importante prestar atenção em qual nível está de acordo com os objetivos que você deseja alcançar, para que dessa forma, seu processo seja direcionado e potencialziado.

Portanto, os principais exames de proficiência em francês procurados e aplicados no Brasil são:

  • DELF – Diplôme d’Etudes en Langue Française
  • DALF – Diplôme Approfondi de Langue Française
  • TCF – Test de Connaissance du Français
  • TEF – Test d’Evaluation de Français

A principal diferença entre estes é que o TCF e TEF são atestados da lingua francesa, ao passo que o DELF e DALF são diplomas do idioma. Dessa forma, o DELF está relacionado ao nível intermediário de francês, enquanto o DALF aborda o nível avançado. Além disso, os prazos de validade também divergem entre as categorias. Os atestados são válidos por 2 anos, enquanto os diplomas são vitalícios.

Por que ter um certificado de proficiência?

Essa resposta está diretamente relacionada ao seu objetivo pessoal. Por isso, aqui estão os dois principais motivos, e algumas dicas para facilitar o processo.

  • Migrações

Não só para a França, mas também para países ou províncias francófonas, é preciso atentar-se aos documentos exigidos para conseguir um visto de migração. Seja este para trabalho, estudos ou moradia fixa, normalmente também é exigido que seja aprensentado um certificado que comprove sua proficiência no idioma.

  • Ingresso em universidades

As universidades francesas, ou de países francófonos, podem ou não solicitar os certificados e diplomas de proficiência em francês. Isso ocorre para facilitar o processo de ingresso de estudantes estrangeiros e assim comprovar a capacidade desses em acompanhar os estudos que escolheram na lingua francesa, assim o idioma não é uma barreira de aprendizado.

Dessa forma, é preciso primeiro selecionar para quais universidades você deseja aplicar-se e posteriormente definir seu cronograma de estudos para o exame exigido por elas. Além disso, cada instituição possui autonomia em definir os níveis exigidos, porém estes giram em torno do nível intermediário ao avançado (B2 e C1).

Como se preparar para as provas?

Ao dedicar-se nos estudos do francês, você já estará estudando para seus exames. Portanto, as dicas seguem sendo sempre as mesmas:

  • defina uma rotina de estudos;
  • aplique o idioma fora do ambiente de estudos;
  • assista filmes e escute músicas no idioma estudado;
  • tenha contato com nativos e com a cultura.

Porém, além dessas recomendações, há mais uma que pode ser a chave de entrada para seu sucesso: cursos preparatórios! Estes, são voltados exclusivamente para os exames de proficiência em francês, para que você alcance seu maior potencial durante a execução.

Dessa forma, o CFOL oferece programas específicos para cada um dos exames, e prepara seus alunos para as competências que serão avaliadas. Além de um estudo mais direcionado, você já estará mais familiarizado com o contextos das provas, e dessa forma, o nervosismo não será um problema. Outro diferencial são os materiais de apoio, como vídeos, ficha de atividades, resumos e artigos. Tudo para que você consiga alcançar seus objetivos!

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.

Curso de Francês Online