A Importância da fluência em francês para quem almeja uma carreira internacional

22 de abril de 2020
Por  Administrativo

Mais de duzentos milhões de alunos em todo o mundo, falantes nativos nos cinco continentes, requisito para a carreira diplomática. Que língua é essa? C’est le français ! Sim, este idioma é a segunda língua estrangeira mais estudada no mundo, e é um passaporte para um universo de carreiras internacionais, em áreas bastante diversas. Quer descobrir quais áreas exigem um francês de alto nível em seu ingresso? Então confira o que trouxemos para você neste novo artigo.  

 

  • Organizações internacionais

O sonho de muita gente é trabalhar em organizações internacionais de grande prestígio, como ONU e suas agências especializadas (UNESCO, FMI, UNICEF, Banco Mundial etc.), Cruz Vermelha, COI, FIFA, entre tantas outras. De fato, estas organizações têm alcance global e são, sem dúvida, um grande canal para projeção internacional do profissional; para quem busca um espaço nelas, falar francês é indispensável.

Além de escritórios e sedes em países francófonos como Suíça, Canadá e França, estas organizações lidam com povos e países de todo o mundo, e o domínio da língua francesa permite um acesso direto a todo este público. Com isso, o interessado nesta carreira tem, na língua francesa, um diferencial forte diante de seus concorrentes, especialmente no Brasil, onde o francês ainda não é tão popular quanto o inglês ou o espanhol.  

 

  • Diplomacia

Não é segredo: para ingressar no curso de formação de diplomatas do Instituto Rio Branco, é necessário conhecer bem o francês. As provas de idiomas desta instituição são famosas por serem exigentes, e o candidato precisa estar preparado para ler e escrever com fluência, se quiser ingressar nesta disputada carreira. E as necessidades não param por aí.

Uma vez aceito no curso, o francês será exigido regularmente, pois a formação do especialista para atuar no Ministério das Relações Exteriores do Brasil requer estudos de cultura, política e legislação de outros países – e os francófonos se destacam aqui. Além disso, esta carreira inclui encontros frequentes com autoridades e representantes de outros países, e falar francês ajuda muito no desempenho do diplomata nestes eventos, já que o diálogo no idioma nativo dos interlocutores tende a ser muito mais efetivo. É justamente esta eficiência que potencializa o sucesso da carreira do profissional na diplomacia, que tende a receber mais oportunidades de deslocamento para países de maior prestígio.  

 

  • Relações internacionais

Não são só governos que precisam se relacionar: empresas também contam com especialistas em cultura, legislação e práticas de mercado internacional para fortalecer suas vendas e expandir seus raios de ação. Neste sentido, há uma preferência pelos profissionais de relações internacionais (RI), para quem o francês é uma ferramenta indispensável.

Como mencionamos antes, esta língua é falada nos cinco continentes e, por isso, é uma ferramenta importante para quem precisa se relacionar com entidades de outros países ou mesmo com escritórios da mesma empresa no exterior. Como mencionamos em outro post [LINK], a França é um dos maiores empregadores estrangeiros no Brasil, em volume total de trabalhadores empregados em organizações desse país. Assim, quem quer atuar dentro de grandes empresas junto às suas matrizes e equipes do exterior precisa conhecer bem o francês para alavancar suas chances de sucesso.  

 

  • Comércio exterior

Especificamente nas questões comerciais, a língua francesa é de grande valia. Como a 5ª maior economia do mundo, a França é um grande parceiro estratégico do Brasil e um dos maiores investidores estrangeiros por aqui, por isso é um mercado excelente para empresas brasileiras que buscam uma atuação internacional. Assim, ter especialistas que se comunicam bem em francês abre portas em grandes economias como Canadá, Bélgica, Suíça e a própria França.

Percebendo as oportunidades que a fluência em francês abre no mercado de trabalho , o IFESP preparou os cursos: Objectif Monde des Affaires, focado em quem quer se destacar no mundo dos negócios e o Objectif Relations Internationales, com foco no funcionamento e na história das instituições políticas francesas, europeias e internacionais, ideal para quem quer seguir carreira de diplomatas, cargos em multinacionais francófonas, etc.

Sabemos que uma carreira internacional pede muitos conhecimentos específicos para cada área, além de domínio do inglês e de ferramentas específicas. Contudo, uma coisa é certa: falar francês traz grandes vantagens práticas para os profissionais que querem atuar nesse cenário, e certamente é um diferencial para seu sucesso no Brasil e no exterior.

 

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.