Quebec: a província que contrata brasileiros!

by Administrativo abril 09, 2019

O segundo artigo da Semana do Quebec te mostrará porque não há nada a perder em tentar uma nova vida na província canadense! 

São inúmeros os fatores que motivam os brasileiros a morar em países europeus e norte-americanos. Exceto pelo clima, em que somos privilegiados, a segurança, estabilidade, eficiência dos serviços públicos e alta qualidade de vida costumam ser condições atraentes para brasileiros desapegados e prontos para baterem as asas. Entretanto, o que aflige muitos de nós, inclusive os mais qualificados profissionalmente, é a incerteza em relação à disponibilidade de oportunidades de trabalho.

Escassez de mão de obra no Quebec

Para quem tem vontade de morar no Quebec, província canadense, o horizonte profissional não é tão nebuloso assim. Segundo dados de Ximena Sampson, jornalista integrante da Université du Québec à Montréal, na verdade, o cenário é particularmente favorável: a falta de mão de obra no Canadá está obrigando as autoridades estatais a aperfeiçoar suas políticas de imigração para atrair estrangeiros. O Quebec, das 17 províncias canadenses, é a mais prejudicada pela carência de funcionários, e entre suas principais causas estão o envelhecimento da população e a recuperação econômica, refletida no pleno emprego.

De acordo com a École Quebec, as maiores dificuldades em empregar funcionários qualificados concentram-se na capital da província, a Cidade do Quebec e nas regiões de Abitibi, Côte-Nord e Sanguenay, já que 74% dos estrangeiros moram em Montréal.

Essa escassez, ao contrário do que muitos pensam, não se limita aos postos menos remunerados. Cargos que demandam pós-graduação na área de Engenharia, por exemplo, e que oferecem salários bem mais altos que o salário mínimo, também estão desocupados.

Oportunidades de trabalho para brasileiros

Em janeiro de 2019, a agência de desenvolvimento Québec International, lançou o movimento #QuebecRecrute no Brasil, iniciativa que atua contratando brasileiros no setor de TI, de games, da saúde, da indústria e da administração. Os salários oferecidos chegam a 16 mil reais e, para a admissão aos cargos, o conhecimento do Francês é um requisito primordial.

Em abril de 2018, a província contratou 98 brasileiros, somando mais de 300 desde o começo da campanha. Em todos os casos, as empresas que recrutam estrangeiros administram o processo de emissão de visto, que permite viver e trabalhar legalmente na região.

Média de salários

Segundo dados do Projeto Canadá, dependendo da profissão, a média salarial anual pode chegar até 69 mil dólares canadenses (CAD):

Profissão

Média (CAD) / ano

Analista BI

$ 56.744

Analista Base de Dados

$ 51.391

Analista de Negócios

$ 62.230

Consultor SAP

$ 69.350

DBA

$ 61.580

Economista

$ 51.267

Engenheiro Civil

$ 63.184

Engenheiro Eletricista

$ 64.575

Estatístico

$ 62.117

Programador

$ 54.983

Web Designer

$ 45.701

Aprender francês é o primeiro passo para uma adaptação bem sucedida!

Se você ainda não estava convencido de que o Quebec é o destino ideal tanto para turismo como para estudos e trabalho, tenho certeza que agora suas ideias mudaram.

O IFESP (Instituto de Estudos Franceses e Europeus de São Paulo) sempre teve como objetivo democratizar o acesso à língua francesa. O instituto deu um passo determinante em direção às tendências digitais quando criou a plataforma Curso de Francês Online (CFOL), confirmando o espírito de inovação que sempre marcou a história da escola. É assim que tornamos possível o acesso à língua e a cultura francesa em várias regiões do Brasil e do mundo.

Esse é o segundo artigo da Semana do Quebec no CFOL. Confira a série:

Social Shares

Related Articles

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *