Fête de la Musique: como os franceses comemoram o dia 21 de junho

21 de junho de 2021
Por  Administrativo

A Fête de la Musique, acontece desde 1982, na França. Essa, começou com uma iniciativa do Ministério da Cultura do Estado francês, e é celebrada por todo país como um evento cultural gratuito e aberto à toda população. Músicos franceses, amadores ou profissionais, participam da programação musical das suas cidades, se apresentando pelos mais diversos espaços públicos, de jardins à estações de metrô.

Por isso, 21 de junho é uma data muito especial! Graças à Fête de la Musique, todos os franceses são convidados a exprimir a importância da música em suas vidas, tanto no âmbito individual como no coletivo. A data é também bastante simbólica porque coincide com o solstício de verão, isto é, o dia mais longo do ano do hemisfério Norte. Assim, as pessoas podem ficar tranquilamente pelas ruas da cidade até tarde, curtindo desta atmosfera sonora encantatória promovida pelo evento.

Dentre as cidades onde a festa toma proporções mais significativas, figuram Lyon, Rennes, Nantes, Lille, Marseille e, é claro, Paris. Mas se engana quem acha que a celebração fica restrita somente à França: nos últimos anos, mais de 120 países têm participado da Fête de la Musique!

Um pouco sobre a história do evento

Maurice Fleuret, que em 1981 havia sido nomeado diretor da música e da dança pelo ministro da cultura Jack Lang, idealizou o evento que perdura até hoje em dia no calendário das atividades culturais francesas. 

Fleuret defendia a existência de um dia em que todos pudessem celebrar a música sem hierarquia de gênero ou origem. Ele queira que ela estivesse por toda a parte, promovendo, assim, uma verdadeira “libération sonore”.

Contribuiu igualmente para a criação do evento uma pesquisa realizada em 1982. A respeito das práticas culturais francesas, foi demonstrado que cerca de cinco milhões de pessoas do país (e, dentre elas, um a cada dois jovens) sabiam tocar algum instrumento musical à época. 

Os governantes quiseram então que esses talentos pudessem se organizar de modo a se exprimir através da linguagem musical para um público. A intenção era que essas pessoas se apresentassem e se fizessem conhecidas por meio de manifestações verdadeiramente populares.

E foi assim que a Fête de la Musique nasceu como tradução de uma política pública! Procurando sempre colocar em evidência todos os tipos de música em favor da sua população.

Fête de la Musique em tempos de pandemia

Embora a França ainda esteja em vias de completar seu desconfinamento devido à pandemia do novo coronavírus, os eventos de 2021 tiveram sua edição confirmada. O oposto do que ocorreu em 2020, pois na época foram suspensos todos os eventos que reunissem, em um mesmo lugar, mais de 5 mil pessoas. Assim, a Fête de la Musique tal como era celebrada desde 1982 não pode ocorrer no ano passado, o que não significou, no entanto, que não houve nenhum tipo de celebração em sua homenagem. 

O antigo ministro da cultura, Frank Riester, afirmou que ainda era preciso celebrar a música. Então, apesar da impossibilidade de festejar a Fête tal como antes, o show deveria continuar! 

Por sua vez, a edição de 2021 está confirmada de forma presencial, mesmo que com algumas restrições de segurança devido ao vírus. Dentre os protocolos estão a utilização de máscaras e um toque de recolher as 23h. Sendo assim, os eventos culturais acontecem em grande parte da França.

O canal televisivo France 2 realizará a transmissão ao vivo de um show com mais de 40 artistas. Entre esses, Clara Luciani, Eddy de Pretto, Patrick Bruel, Vianney, Texas, Julien Clerc, Amir, Valentina, Gilbert Montagné, Bibi, Jean-Pierre Mader, David e Jonathan. De forma presencial, será permitida a entrada de até 4 mil espectadores, desde que estes estejam vacinados ou apresentem o teste negativado inferior a 72h.

Quer saber mais?

Sabemos que você é apaixonado pela França assim como a gente e está com vontade de viajar. Porém, no momento, devemos permanecer em casa. Depois que essa pandemia passar, será que tudo vai voltar ao normal? O blog O Melhor de Paris preparou um panorama de como pode ficar o cenário francês depois da Covid-19.

 

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.

Curso de Francês Online