Questions? Feedback? powered by Olark live chat software
(11) 98814-0429
(11) 3031-3599

Produtividade nos estudos

Por Administrativo fevereiro 27, 2018
Produtividade-nos-estudos

Esse é um tema crucial para todo(a) estudante, independentemente se você é intermediário em língua francesa ou pós-graduando em Engenharia Química, e por vezes chega a ser um drama para muitos(as), pois reter conteúdos de maneira organizada não é uma tarefa fácil e cada pessoa tem o seu próprio jeito de compreender e absorver questões. E apesar da dedicação, a dificuldade pode aparecer, o que é completamente normal!

Vamos falar um pouquinho sobre possíveis estratégias para que você aumente a sua produtividade na hora de estudar. Algumas podem combinar mais com você do que outras, mas o importante é não perder a motivação diante de qualquer dificuldade, pois elas aparecem e fazem parte do processo de crescimento do(a) estudante que você é. Então vamos às dicas:

1 – Procure organizar as suas tarefas:

Um cronograma ou uma pequena lista podem te ajudar, e muito, a planejar e deixar claro quais são os seus objetivos a alcançar. Outro fator é que a organização é a grande aliada contra a famosa procrastinação, que é a inimiga do bom rendimento, não é mesmo?

2 – Priorize um ambiente adequado:

Há quem diga que pode se concentrar em lugares agitados ou com barulho. Para outros, qualquer ruído ou movimento já basta para desviar a atenção. Mas uma coisa é certa: Você deve saber qual o elemento que pode te causar distração para fugir dele. Temos muitos estímulos sensíveis que podem interferir no nosso foco, e o lugar onde você escolhe estudar pode afetar positiva ou negativamente o seu aprendizado. Então, é importante conhecer bem o ambiente que para você é agradável e ao mesmo tempo não desestimula a sua atividade.

3 – Faça intervalos:

Passar horas a fio estudando sem nenhuma pausa pode acabar com a sua atenção. O cérebro também precisa de descanso para continuar em atividade, não só o corpo. Por isso, faça intervalos regulares para retomar o trabalho com disposição. Existem diversas técnicas de pausas calculadas como, por exemplo, a técnica Pomodoro, cujo objetivo é aumentar a agilidade do cérebro e intensificar o foco em intervalos de tempo a cada 25 minutos. Existem diversos aplicativos e sites (por exemplo este) para quem busca a técnica. Experimente aplicar alguma para ver se dá resultado!

4 – Varie um pouco a sua rotina de estudos:

Seguir um único método de estudos pode se tornar desestimulante e até cansativo. Procure variar na forma como você estuda e trazer – mesmo que um pouquinho – de dinamismo para o seu processo de absorção do conteúdo. Se o seu recurso é só leitura, procure algum vídeo, conferência sobre o tema. Tente realizar exercícios de memorização ou sequência lógica que saiam um pouco do mesmo modo de entender. Isso é desafiador e te mostra ainda mais como você aprende.

5 – Cuide da alimentação e do sono:

Nenhum bom resultado é fruto de noites mal dormidas e de uma má alimentação. Os fatores fisiológicos são condição para que você tenha energia para se dedicar a uma tarefa bem realizada. Pense também em quais alimentos podem favorecer a sua concentração e disposição. Alimentos muito gordurosos ou açúcar em demasia pode afetar o seu vigor.

E não se esqueça de ter paciência consigo mesmo(a), pois a autocobrança não deve servir para te atrapalhar!

Mãos à obra!

Veja também: os motivos de aprender francês

 

Social Shares

Artigos relacionados

Escrever comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *