Questions? Feedback? powered by Olark live chat software
(11) 98814-0429
(11) 3031-3599

Alunos contam sobre suas experiências com nossa escola online

Por Administrativo fevereiro 27, 2018
Alunos-contam-sobre-suas-experiências-com-nossa-escola-online

A educação a distância é um fenômeno que resulta da revolução pela qual a comunicação passa na “era digital”. E quando falamos de era digital, pensamos no alcance da informação numa proporção jamais vista. A difusão de conteúdos e informações em lugares e tempos diversos representa, grosso modo, a inclusão digital que ultimamente associamos cada vez mais ao domínio da educação e, sobretudo à denominada educação a distância, que já não era novidade mesmo antes das inovações virtuais das últimas décadas.

Muito se fala a respeito de inclusão digital e inúmeras vezes a expressão é associada ao acesso à informação e à educação online, que ampara todo tipo de pesquisa na nossa cultura hoje em dia.

O que supõe a separação física entre o professor e o aluno significa, ao mesmo tempo, a transposição da barreira geográfica para muitos terem acesso a informações e conteúdos de maneira tão dinâmica quanto na sala de aula, pois em muitos casos as aulas acontecem em tempo real, o que permite interação direta entre aluno e professor.

O IFESP conversou com vários de seus alunos do curso de Francês e fez algumas perguntas sobre a experiência com a escola virtual. Vejam os depoimentos da Caroline Lisboa, 23, estudante de Psicologia; da Erika Santos, 37, profissional de Hotelaria, e a Camila Antão, estudante de Engenharia Civil:

IFESP – Como você organizou a sua rotina de estudos?

Caroline: Eu escolhi o método à distância por causa da minha falta de horário para conciliar o trabalho e as aulas. Então eu deixei a minha quarta-feira completamente livre, sem faculdade nem trabalho, para poder me dedicar às atividades e chegar à aula mais preparada. Na segunda-feira eu faço as atividades escritas.

Erika: eu me organizei conforme a minha rotina, que infelizmente não é tão livre. Então eu estudo algumas vezes no sábado, outras no domingo, até terminar os exercícios antes da aula seguinte.

Camila: Eu organizo a minha rotina para poder estudar pelo menos um dia com um pouco mais de intensidade antes de me encontrar com o meu professor. Geralmente de terça ou quarta e às vezes no final de semana eu estudo também, para encaixar na minha grade horária, que é um pouco pesada.

IFESP – Quais são as principais vantagens de estudar online?

Caroline: A principal vantagem foi não ter que sair de casa, então eu conseguia organizar a minha rotina legal até chegar a hora da aula, eu só precisava ligar o computador 5 minutos antes e ficar online. Antes eu levava 1h e 30min para chegar à aula. Outra vantagem é que você pode fazer a aula de qualquer lugar e sempre tem o material necessário para consultar.

Erika: Você pode otimizar o seu tempo. No meu caso, por exemplo, eu viajo bastante, então eu não conseguia fazer aulas. Agora eu consigo fazer as aulas mesmo fora da minha casa. Além de ser virtual, isso ajuda bastante e não deixa a gente desistir porque o horário é bem flexível. E você faz online com boa qualidade.

Camila: Para mim a principal vantagem é o fato de que eu faço o meu próprio horário, então eu não preciso ter necessariamente um horário fixo para poder estudar e realizar as minhas atividades. Então essa modalidade garante flexibilidade e isso também é uma questão de conforto porque você pode estudar na sua casa, ou na faculdade, por exemplo, e não precisa levar tempo para se locomover até a escola e encontrar o professor durante a semana. Isso é muito positivo por uma questão de conforto e tempo.

IFESP – Você recomendaria esse programa de aprendizado a distância?

Caroline: Sim e não. Sim se a pessoa estiver disposta a dedicar um tempo para estudar por conta própria, porque se ela achar que pode progredir só fazendo as aulas online e fazendo um exercício ou outro, ela não vai aprender. Então eu recomendo para quem tem dedicação e organização para conseguir lidar bem com a plataforma online.

Erika: Com certeza eu recomendo esse curso à distância. É claro que precisa ter bastante dedicação porque se você não fizer os exercícios, tirar as dúvidas, você não consegue se desenvolver. Mas é um modo de aprendizado bem interessante, para o nosso dia a dia (corrido).

Camila: Sim, recomendaria. Eu conheço muitas outras pessoas que também tem a mesma limitação de tempo que eu, e essa alternativa ajuda bastante. Mas você também precisa ter responsabilidade para estudar de verdade e aproveitar o material que é amplo.

E aí, o que achou? Quer estudar francês? Entre em contato conosco e conheça os planos de estudos!

Social Shares

Artigos relacionados

Escrever comentários

Your email address will not be published. Required fields are marked *